Imagem capa - Dificuldades do início na Fotografia (como superá-los?) por Núcleo de Fotógrafos de Maringá
Dicas

Dificuldades do início na Fotografia (como superá-los?)

Ah, se houvesse uma fórmula pronta indicando os riscos e dando todos e alertas necessários para os acertos e os erros.


Ou, como seria difícil o caminho até atingirmos nosso objetivo, não é mesmo?


Bom como tudo na vida, como em todas as profissões há várias situações difíceis, problemas ou dúvidas.


Bom gente, como tudo na vida, em todas as profissões há muitas situações difíceis, probleminhas, dúvidas!


Sempre temos aquele sentimento de que há algumas situações que acontecem que ninguém nos conta que poderia acontecer ou que não temos ajuda. Nesses momentos parece que as coisas que só dependem de nós para dar certo, e isso pode nos levar a pensar em desistir.


Refletindo sobre isso, nós do Núcleo de Fotógrafos de Maringá, separamos alguns tópicos com as maiores dificuldades no início da fotografia, levando em conta a experiência de cada um de nós.


Esperamos que esses pensamentos os ajudem a seguir e te levem pra frente! Queremos que você veja que não é só contigo, e que não foi complô do universo, kkkk,


Talvez você passe ou pode até ter passado por algumas dessas dificuldades, entretanto queremos trazer mais leveza e direção. Não se abale! Seguir com foco e persistência é essencial para chegar a ser um fotógrafo(a) de sucesso.


Vamos lá, então ao que interessa:



  • 1º O estudo é essencial!


O estudo e o conhecimento serão primordiais em todo seu percurso (para tudo e para sempre).


Não haverá nada que você não irá aprender se ler, assistir vídeos ou, assim que tiver condições, investir em cursos para se profissionalizar!


Porém ficar só na teoria, não ajudará muito! Pois toda teoria necessita de sua prática e repetição. Assim, os pequenos erros se tornam grandes possibilidades de fotos lindas.


Não tenha vergonha, você está começando e não tem problema errar ou pedir ajuda!


A grande dica aqui é: use familiares e amigos de cobaia, pois errar com eles não tem problema, um pedido de desculpas resolve! Dessa maneira você irá ganhar experiência.


Não vá sem experiência já para um evento, ou algo que tenha uma carga de responsabilidade muito grande. Há muito o que praticar antes!




  • 2º Por qual equipamento começar? Qual é o ideal para iniciar?


Pesquisar, assistir vídeos, se informar e aprender sobre os equipamentos que existem hoje no mercado é fundamental!


Informar-se sobre modelos, marcas, diferenças entre eles, tanto das câmeras como das lentes, será bem importante. Para este começo.


Apenas essa pesquisa já abrirá um leque de possibilidades, e a partir disso e do orçamento disponível você já conseguirá começar (e é isso que importa).


Mesmo não sendo um equipamento top de linha, estude ele, as configurações que a câmera tem, o que ela oferece em seu menu, estudar e treinar muito, ao ponto que o equipamento se torne uma extensão da sua mão, e você não precise mais parar e pensar onde apertar para acionar alguma função.


Domine esse equipamento, tente tudo que você imaginar com ele e, com o tempo, você começará a saber com mais clareza se você está feliz com o resultado e que ele está te proporcionando nos seus retratos, ou seja, se está deixando a desejar, e com isso perceber que seria melhor investir em outra câmera ou lente.


Lembre-se: comece com o que você tiver e não se sinta pressionado com o tempo, e com as pessoas te perguntando com qual equipamento você trabalha, isto ou (e) aquilo... Faça o seu melhor, com o investimento que você pode fazer de forma segura e se puder mais, aposte, ouse e eleve seu nível sempre estudando e melhorando!



  • 3º Qual Nicho atender?


Essa é uma dúvida de praticamente todos os fotógrafos.


No começo, há muita insegurança, qual caminho seguir, qual público direcionar seu atendimento e é normal no início fotografarmos de tudo um pouco!


Há também quem goste de fotografar nicho X, mas ele não lhe dá uma renda legal e talvez você se destaque em nicho Y porém você não curte muito fazer esse estilo ou seja, no início você irá passar por quase todos as áreas até se encontrar! E isso será muito particular, será muito ligado ao seu estilo, ao seu gosto, ao seu prazer!


Temos certeza que você vai se encontrar!


Será aquilo que você irá amar fotografar, que mesmo com nas dificuldades, será sempre prazeroso, nesse momento você irá se identificar com essa área da fotografia


E aí, nesse momento, sabendo e se identificando com essa área da fotografia (que pode ser fotos de eventos, retratos, fotos de família, gestante e infantil, fotografia empresarial, jornalística, etc), você terá mais uma etapa nos estudos, que é: aprimorar-se nesse nicho, se aprofundar, investir e dominar conhecimento nessa área!




  • 4º Backup é imprescindível

Acreditamos que essa é a parte mais importante e que muitos fotógrafos iniciantes erram, a segurança dos arquivos.


Talvez já ouviu alguém falar que perdeu arquivos ou que contratou um “profissional” e ele não entregou as fotos porque perdeu.


Os backups de tudo que fotografar é a primeira coisa que se deve fazer, jamais comece com apenas um cartão de memória ou tente guardar seus arquivos em um único lugar.


Estamos sujeitos a ter um problema técnico, isso não é previsível, então seja cauteloso (a), não deixe por conta da sorte.


Hoje temos vários recursos de backups, podendo ser feitos em HDs externos, Google Drive, OneDrive, entre outras nuvens.


A dica é: tenha NO MÍNIMO duas cópias em locais diferentes de todos os seus arquivos.



5º Acredite no seu potencial


Muitas coisas aprendemos na prática, mas também podemos aprender com o erro dos outros, como dizemos no começo, não existe uma receita perfeita, mas todo conhecimento e experiência compartilhada sempre vai agregar em nossa jornada.


Lembre–se: até aquela pessoa bem-sucedida já foi iniciante, então faça o seu melhor com o que tem e jamais se acomode.



Texto por: Angélica Britez Fotografia com apoio de diversos membros do Núcleo de Fotógrafos de Maringá.

Este foi nosso primeiro texto do blog, e gostaríamos de saber sua opinião sobre ele!

Esse texto te ajudou? Gostaria de saber mais sobre a nossa profissão?


Para você que está chegando agora e tem curiosidade em saber mais sobre o Núcleo de Fotógrafos de Maringá, clique aqui e conheça mais sobre nós.